livros


SÃO LUÍS EM PALAVRAS (2017)
Coletânea (org. Celso Borges e Wagner Merije) 
Lançada em novembro de 2017 em São Luís-MA.
Onde comprar: Livraria e Espaço Cultural AMEI (São Luís Shopping)
Valor: R$ 35

SINOPSE

Entre as águas escuras do rio Anil e o céu azul que a serpente da lenda nunca viu, há uma coleção de vozes. Aqui estão 33 delas, puxadas pelo fio amoroso do reconhecimento profundo de pertencimento a esse lugar que nos move e nos comove desde que o primeiro berro de cada um explodiu ternura numa morada inteira no centro da cidade, num apartamento da parte nova ou numa casa simples de um bairro popular.

RECORTE! (2015)
Crônicas
Lançado em março de 2016 em São Luís-MA, São Paulo-SP e Rio de Janeiro-RJ.
Página no facebook: Recorte – O livro
Onde comprar: 
PoD Editora (loja online)
Livraria e Espaço Cultural AMEI (São Luís Shopping - MA)
Livraria Argumento (Shopping Rio Design - RJ)
Valor: R$ 29


SINOPSE
Uma criança pergunta para um adulto próximo se onde os aviões planam já é o céu.
Um menino empina um papagaio de sacola plástica.
Uma lojista desconhece seu potencial como encantadora de balões coloridos.
Um pipoqueiro salva os fins de dia.
Um passeio pela lembrança de um lugar.
Ipês. Um controle remoto. Amigos.
Coincidências.
Bebês a caminho.
Nenhuma carta para ninguém.
Um engraxate descalço.
Solrealismo.
O miolo da vida.
A paz de cada dia.

Às porções mais comoventes de dias vividos entre 2010 e 2014, a jornalista e escritora Talita Guimarães chamou recortes e registrou à mão em dois cadernos, que agora ganham corpo como livro nesta edição que chega ao público com o convidativo nome Recorte!.

As breves narrativas, crônicas, contos e poemas aqui reunidos nasceram da afeição por tudo o que é singelo e embora brote da realidade, habita o terreno do sonho e da poesia quando enxergado através de um olhar amoroso pelo mundo.

Em Recorte! Talita Guimarães exercita seu espírito de observação do cotidiano, que estabelece uma relação com a cidade e as pessoas que nela habitam e investiga o comportamento humano e social de um ponto de vista muito pessoal e afetivo, correspondente à capacidade de apreensão sensorial dos seus vinte e poucos anos.

VILA TULIPA (2007)
Literatura Infanto-juvenil
Vencedor do Prêmio Odylo Costa, Filho no XXX Concurso Literário e Artístico Cidade de São Luís em 2006.
Lançado em dezembro de 2007 em São Luís-MA e Paço do Lumiar-MA.
Página no facebook – Vila Tulipa
Edição esgotada.

SINOPSE
Localizada no curioso Bairro das Vilas, a Vila Tulipa é o lar de Paulo e Tatiana, amigos inseparáveis que aprontam todas pelo bairro, seja brincando com os amigos da escola, se divertindo na biblioteca, ou até mesmo dando uma lição de diplomacia na universidade.
A amizade entre os dois surge no dia em que a família da intrépida menina faz sua mudança para a vila onde Paulo mora, mas apesar de serem vizinhos, os dois só vão se conhecer no hospital, quando no primeiro dia morando na vila, Tales, o irmão mais velho da Tatiana, sai de manhã cedo para um volta de patinete e atropela a Bia, irmã mais nova do Paulo, e sua nova vizinha.
Toda a confusão no hospital dá lugar ao reencontro de velhos amigos: a mãe da Tatiana, dona Conceição, é amiga de infância da mãe do Paulo, dona Carmen, e tudo se resolve de modo que as duas famílias, agora vizinhas ficam muito amigas, sem nenhum ressentimento com o acidente, que afinal de contas nem foi tão grave assim.
A partir daí, Paulo e Tatiana ficam amigos inseparáveis que vivem inúmeras aventuras e desventuras nesse primeiro ano da menina no lugar.
Juntos, conquistam a má vontade do estagiário da biblioteca do bairro; arrumam a maior confusão no hospital quando a Bia sofre um segundo acidente, dessa vez mais grave; aprendem e se divertem pra valer na escola; curtem o som da banda de rock do Tales, o Guindaste Errante; se enrolam de verdade quando a menina perde um livro da biblioteca, e mostram a um brutamontes bagunceiro na universidade que brigar nunca vale a pena, e que é possível sim resolvermos os maiores impasses na base do diálogo de modo civilizado.
Mas nem tudo caminha tão maravilhosamente quanto o esperado, e os moradores da Vila Tulipa são surpreendidos com o poder que uma vingança e o rancor guardado e acumulado com o tempo é capaz.



Comentários

Postagens mais visitadas